domingo, 30 de junho de 2013

Museu Nacional de Arte Antiga

Já não ia á tanto tempo ao Museu Nacional de Arte Antiga! E é sempre uma boa ideia para se fazer algo de jeito nas ferias, que não envolva passar os dias em casa, a fugir do calor e a fazer nenhum. Por isso, aproveitei que ao domingo de manhã as entradas são gratuitas e lá fui eu com uma amiga ver arte.
A ultima vez que lá tinha ido foi no 8ºano e fiquei escandalizada quando percebi que a Torre de Belém tinha sido uma ilha.























Eu e a Dani 


E no fim disto tudo, fiquei imenso tempo a babar para cima das jóias, claro. A nobreza da idade média e por aí adiante tinha muito bom gosto nessa matéria.

sábado, 29 de junho de 2013

Vestida á verano! #1


summer-to-do-list-in-lisbon

Eu sou daquelas pessoas que, com férias, só me dá é para ficar em casa a engonhar, deitar ás tantas e acordar ao meio dia. Pois bem, isso vai mudar. 
Já tive a ver museus, actividades, sitios e outras coisas na agenda cultural de Lisboa, e há imensa coisa que vou fazer este Verão, porque me recuso a ficar fechada em casa a engonhar! Á tanta coisa para ver!
Este é o inicio da minha summer-to-do-list deste ano:
  1. Ir ao museu de arte antiga
  2. Ir ao museu de arqueologia
  3. Entrar na fonte luminosa
  4. Comer brunch ( pela primeira vez )
  5. Ir ao LxMarket ( informações aqui )
  6. Ver o borboletário do jardim botânico

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Morbid Love Story #2

Esta é a história da morte de Michael Hutchence, vocalista dos INXS.
Tudo começou na década de 80, tal com quase todas as histórias interessantes que envolvem estrelas do rock.

Michael Hutchence

Aparentemente ele não fugia ao estereótipo de estrela de rock que anda com uma mulher nova por dia, e enquanto ele estava numa dessas fugazes relações com a modelo Helena Christensen, foi a um programa de televisão onde conheceu a apresentadora Paula Yates, que na altura estava casada com o cantor e activista Bob Geldof.

Eles começaram a ter um caso, que foi entretanto descoberto pelos media (chamados por Paula para que Michael acabasse a relação que tinha com a modelo), e entretanto a apresentadora pediu o divórcio e a custodia das flhas que tinha com Bob, para se juntar ao vocalisa dos INXS. Foi um dos divórcios mais mediáticos de sempre, porque apesar de tudo Gedolf ainda gostava dela, e por isso dificultou ao máximo o divórcio e a situação da custódia das filhas e das visitas ás mesmas.

Michael, Paula e a bebé Heavenly

Em 96, Michael e Paula tiveram uma filha em conjunto, e em 97, ele foi encontrado enforcado á porta do quarto do hotel de Sydney em que se encontrava, com o cinto amarrado ao pescoço.

Apesar de tudo apontar para suicídio, Paula Yates tentou ao máximo desmentir essa teoria, por estar confiante de que Michael estava a experimentar uma nova forma de masturbação, que envolvia diminuição do oxigénio recebido como forma de prolongar o orgasmo, quando por acidente morreu enforcado.
Ao mesmo tempo que se esforçava para desmentir o suicidio, a família dele tentava tirar-lhe a filha do casal, e tudo isto fez com ela entrasse numa depressão e tentasse cometer suicídio, inicialmente infrutífero, mas que em 2000 acabou por acontecer, devido a uma overdose de heroína.

Heavenly Hutchence, a filha do casal, passou a viver com Bob Geldof e com as meias irmãs.

Bob Gedolf, as três filhas e Heavenly Hutchence, a mais nova

No fim disto tudo, a imagem que eu tenho dele vai sofrer muitíssimos danos se de facto ele morreu acidentalmente a masturbar-se. Mais vale ficar convencida de que foi suicídio...

Grrr...Please get out of my head! #17

Bon Jovi - In these arms

Percebes que algo está errado quando...

... vais para o técnico e metes na cabeça que a sala de estudo da torre de Química é a 3.5. Entras no elevador e ficas á procura do botão 3, mas não encontras. Até começas a piscar os olhos, não vá ser o problema teu, tipo alucinações ou assim. Pronto, não há 3, há 4, como já não aparecias no técnico á 2 semana, se calhar fizeram obras ou assim. Chegas ao 4º andar e desces as escadas á procura do terceiro, e não há nenhuma porta. Reacção, qual é? Ó meu Deus! Desapareceu um andar!
Voltas a descer as escadas e quando chegas outra vez ao piso 1, é que te lembras e apercebes de que nunca houve piso 3 no edifício e que a sala que procuravas era a 5.3, no piso 5, portanto.


E é assim que se percebe quando estamos fritos das ideias.

sábado, 22 de junho de 2013

Apple Martin(i) e North West

A filha do vocalista dos Coldplay e da Gwyneth Paltrow chama-se Apple Martin.
A mim soa-me a um nome para bebida, do estilo Apple Martini...que, acabei de ver no google e existe mesmo!

 Já a filha do Kenye West e da Kim Kardashian chama-se North West. Coitadinha da criança, de certeza que vai andar um bocadinho desorientada. No twitter surgiu uma questão que eu até considero filosófica, porque realmente é uma boa pergunta:


Quem sabe? Se os dilemas já eram complicados, isto eleva-os a um nivel completamente diferente.

Sons de Lisboa

Ontem á noite, houve supostamente um concerto de sons de Lisboa.
Quando me explicaram o que era, eu achei que iam mesmo fazer musica com sons dos cães, das pessoas, dos carros, sinos das igrejas, etc, e que ia ser totalmente mind blowing.
Então fui estava no miradouro da Graça á espera das 22h, que era quando começava, a apanhar com um vendaval dos diabos em cima, e rodeada por imensa gente, que também queria ouvir a tão falada musica.
Ás dez começou a tocar os sinos do convento e toda a gente se calou ao mesmo tempo. E as cerca de 100 pessoas que lá estavam permaneceram em silêncio! Isso foi a parte impressionante, porque a meu ver, é raro um grupo tão grande de pessoas não causar o caos.
No fim, a musica foi só sinos a tocarem de forma descoordenada e cães a ladrar furiosamente como resposta aos sinos. Ou seja, no fim de tudo, o que impressionou foi mesmo a vontade que as pessoas têm de sair de casa hoje em dia. Com a crise e tudo, as pessoas andam  ansiosas por entretenimento, ao ponto de sairem de casa numa noite fria e ventosa para ouvir a pseudo-musica de Lisboa.
No fim, a vista compensou tudo. Lisboa é linda e ser um turista nesta cidade deve ser espectacular.













quarta-feira, 19 de junho de 2013

Super Homem

Acabei de me aperceber que afinal banda desenhada não pode ser subestimada...



Marilyn Peplum Monroe

Boa tarde!

Bem hoje tive de sair de casa, senão ainda estava aqui a estudar desalmadamente mais um dia. Tive de ir ao técnico e por isso senti uma enorme oportunidade de me vestir decentemente. Quer dizer, no meio desta prisão domiciliária/estudo, quando uma pessoa sai, sai a sério, com tudo a que tem direito!

Assim sendo, vesti a minha camisola que faz peplum verde, da zara, calças de ganga, uns acessórios e lá fui eu à minha vida. Como hoje estava vento, lembrei-me de outro dia que vesti esta camisola:
Estava eu muito bem a andar pela rua do Império, com esta mesma camisola, e o dia estava bastante ventoso. De repente, reparei que me ia cruzar com um rapaz mesmo giro. E eu, clichê como sou, pensei, como a maior parte das raparigas "Ok, obviamente que não vais falar com ele, mas tens de parecer no teu melhor". Exactamente quando me cruzei com ele, veio uma rajada de vento tão grande que levou a minha camisola a armar-se em wannabe do vestido da Marilyn Monroe, levantando e mostrando a minha barriga ao mundo e, mais especificamente, ao rapaz giro.



Por isso, apesar de adorar estas camisolas e este estilo, aqui está uma desvantagem; nada de usar nos dias ventosos. A não ser que queiram mesmo mostrar a barriga, nesse caso, go for it! É tiro e queda!

segunda-feira, 17 de junho de 2013

sábado, 15 de junho de 2013

I_hate_Mr_Big - The movie

Enquanto estava a jantar, estava a ver um episódio de Sexo e a Cidade, e a sério que aquele final me revoltou. Ando com isto entalado na garganta desde que vi o fim da série.
Quer dizer, ela tinha o homem perfeito, super carinhoso e adorável, o Aidan, e vai-me acabar com o Mr.Big (que porra de nome é este? Depois quando descobri o verdadeiro nome dele, ainda o odiei mais. John James Preston!), que um autêntico mind fucker. Está constantemente a trocá-la e a desvalorizá-la e só lhe diz que a ama:
a)quando está bêbado;
b)quando ela está numa relação excelente;
c)ultimo episódio da série;

Mr.Big, eu não aprovo! Nem gosto nadinha de ti!


Azares de comida

Estou a falar daqueles momentos horríveis em que encontro uma lagarta ao assim numa folha de alface, e depois já nem sei o que posso comer mais, ou se consigo comer mais alguma coisa. Porque nunca ninguém sabe de onde ela veio (mais provável, veio já da hortinha), e depois começam a dizer que deve ter caído no prato. Sim, porque lagartas a voar e a cair nos pratos é um fenómeno que está sempre a acontecer. Do mais comum até.
E depois há sempre alguém com piadinhas do estilo "Então, era só mais um bocadinho de carne, de proteína!". É assim, amigo, se queres a carne é toda tua, agora deixa-me entrar em pânico e ficar enojada á vontade! Estou no meu direito!

Depois também há aquela altura em que se anda a dar demasiada confiança aos pombos, vamos comer á Casa das Sandes, ficamos na esplanada, e quase se é comido pelos pombos, que andam basicamente em cima do tabuleiros! É suposto terem medo de nós! Esta repentina perda de medo é nociva! Eles que tenham respeitinho e mantenham a distância, porque isto de quase se comer penas de pombo é uma chatice!

Rambling Mind #1